Outras iniciativas de impacto

Finanças Sustentáveis

Entre 2013 e 2021, a trajetória da Sitawi evoluiu através de dois programas: Finanças Sociais e Finanças Sustentáveis. Com equipes próprias, CNPJs e natureza legal distintas, as duas entidades (OSCIP e Consultoria) compartilhavam marca e infraestrutura, oferecendo propostas de valor complementares aos parceiros e clientes. 

Sob a visão das Finanças do Bem, neste período a marca Sitawi refletiu o pioneirismo de ambas as organizações/programas em segmentos diversos, da filantropia e do investimento de impacto às segundas opiniões de títulos com abordagem ESG. Com o forte crescimento de todos esses mercados nos últimos anos, ambos os programas também evoluíram. Assim, para atender ao desenho de estratégias e políticas melhor adaptadas às ambições e públicos de cada Programa, no final de 2021, as organizações anunciaram a transição do modelo operacional e deixaram de operar sob uma única marca.

A Prática em Finanças Sustentáveis deu origem à NINT (nome inspirado pelo conceito de natural intelligence). Com 11 anos de experiência, mais de 700 projetos para mais de 250 clientes e um time de 100 pessoas, a consultoria direciona sua ampla expertise em todo o espectro ESG para investidores, empresas e instituições financeiras públicas e privadas.

Contratos de Impacto Social

O Contrato de Impacto Social (do inglês Social Impact Bonds) é um mecanismo de pagamento por resultados sociais. Desenvolvido em 2010 no Reino Unido, os Contratos de Impacto Social (CIS)  viabilizam investimento privado para contratar programas sociais pela gestão pública, com base em evidências de impacto para a população, trazendo o foco para os resultados. Assim, o Estado se compromete a pagar os investidores, com uma taxa de retorno, somente se as metas forem atingidas, o que torna o investidor responsável pelo risco financeiro de insucesso do programa.

Em 2015, a Sitawi passou a se especializar no desenvolvimento e na estruturação de Contratos de Impacto Social (CIS). Atuamos de forma pioneira no desenvolvimento do mecanismo no Brasil, apoiando as fases de desenho, financiamento e implementação, assessorando governos, investidores e/ou operadores interessados. Junto ao governo estadual do Ceará, coordenamos estudos e reuniões estratégicas para viabilizar um CIS na área da saúde em 2017. Paralelamente, auxiliamos a elaboração do PLS nº338, que tramita no Congresso Nacional, com o objetivo de estabelecer uma nova forma de parceria entre poder público e setor privado sob a forma de Contrato de Impacto Social.

Em 2019, realizamos a 1ª Chamada Sitawi de Contratos de Impacto Social, apoiada pela FAPERJ  (categoria Rio de Janeiro) e pelo Instituto Sabin (categoria nacional), com o objetivo de incentivar gestores públicos estaduais e municipais a contribuírem para a modernização da gestão dos governos subnacionais através de soluções inovadoras e do aperfeiçoamento dos serviços públicos oferecidos à população.

Doe Mais, Doe Melhor

Com a missão de promover a cultura de doação no Brasil como um modo objetivo de construir um país melhor, a Sitawi criou em 2015 a plataforma Doe Mais, Doe Melhor. A iniciativa reuniu histórias e ações de pessoas doadoras de recursos para inspirar outros a fazerem o mesmo, criando uma atmosfera de solidariedade onde cada um encontra a maneira de contribuir para mudar o setor social brasileiro.

A iniciativa também fez uma campanha para escolher a organização com o melhor plano de captacão online – através de avaliação de especialistas e votação pública. Esta foi contemplada com R$50 mil em serviços para operacionalizar a campanha. Durante o processo, foram desenvolvidos materiais e oferecida capacitação em captação online para todos os participantes. 

A campanha Acãochego, da Ampara Animal, foi a vencedora e arrecadou cerca de R$400 mil.