‘Se ela consegue fazer isso, eu consigo também!’: A importância da representatividade feminina na tecnologia como inspiração para meninas e mulheres

Por muito tempo, o acesso à ciência e à tecnologia foi negado às mulheres e boa parte era atribuída aos homens. Ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas as mulheres estão conquistando seu espaço no mercado de tecnologia e lutando pela igualdade na área.

Essa luta é vivenciada de perto pela professora Ana Caroline Nunes, que dá aulas de robótica, programação e eletrônica e coordena a escola de robótica Manaós Tech, em Manaus. Em 2020, o negócio participou da 3ª rodada de investimentos da Plataforma de Empréstimo Coletivo SITAWI, captando mais de R$300 mil para capacitar mais de 5 mil alunos, incluindo crianças e jovens, com transtornos como Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Ainda durante sua formação, Ana vivenciou um dos primeiros desafios do estereótipo de perto, ao se formar em Computação com mais duas mulheres numa turma de 40 pessoas. 

Hoje, atuando na coordenação e como professora nos cursos da Manaós Tech e das escolas parceiras, ela incentiva crianças e jovens, principalmente meninas, a terem interesse na área da tecnologia: “O que você fala, o que faz e como atua, é importante para a formação do ser humano. Ao mesmo tempo em que a gente ensina, a gente aprende também!”, comenta Ana.

Segundo a professora, as crianças que participam dos cursos da Manaós Tech ficam muito animadas com a possibilidade de construir seu brinquedo desde a primeira peça. Muitos dos alunos, inclusive, querem trabalhar com tecnologia e seguir os passos dos educadores.

A professora também relembra o baixo número de meninas nas primeiras turmas dos cursos, quando começou a atuar na escola de robótica, em 2019: “Uma menina em um curso de desenvolvimento web era difícil. No primeiro curso, tinham 14 alunos e uma menina só”. Ana se emociona ao comentar que a quantidade de meninas nas turmas de robótica, jogos e eletrônica aumentou e que as alunas são muito engajadas e se espelham na professora para escolher sua carreira do futuro: “Algumas meninas vão por conta própria se matricular nos cursos e dão o dinheiro da mesada para participar”.

Dificuldades e inspirações

A professora ainda comenta sobre a dificuldade que enfrentou para ingressar no mercado de trabalho: “Chegava na entrevista e tinham muitos homens. Às vezes, ia para as entrevistas com colegas homens de mesma formação e eles eram selecionados e eu não”.

Apesar disso, Ana não desistiu e buscou inspiração em grandes referências da área, como as cientistas Ada Lovelace e Margaret Hamilton. A professora também se inspirou nas potências femininas de sua família, como a mãe, a tia e a avó.

Ela deixa uma mensagem para meninas e mulheres que desejam seguir carreira na área da tecnologia: “Não desistam, busquem inspirações nos vários exemplos que temos de grandes mulheres. Vamos ter muitas dificuldades, mas busquem incentivo e incentivem, porque merecemos estar no lugar onde sonhamos e onde queremos estar!”.

A Manaós Tech

Atualmente, a Manaós Tech faz parceria com 4 das maiores escolas particulares de Manaus, onde os professores licenciados atuam no ensino regular unindo conteúdos de tecnologia aos conteúdos curriculares obrigatórios.

A sede conta com 7 cursos, todos com duração de 1 ano, voltados para crianças com idade pré-escolar até jovens na faixa dos 17 anos. A escola possui mais de 200 estudantes e participa de diversos projetos ao longo do ano, com o intuito de promover a instituição e o ensino de programação e robótica na cidade. Como exemplo, Ana destaca as participações ativas em campeonatos de robótica, como a FLL (First Lego League) e OBR (Olimpíada Brasileira de Robótica).

Esse incentivo à participação e ao desenvolvimento dos alunos é essencial, na visão da professora. Ela comenta que, em 2020, um aluno da escola criou um aplicativo para ajudar instituições de caridade em Manaus. O app, criado com a ajuda de um dos professores da Manaós, facilitou o processo de doações e de pedidos de ajuda para as entidades filantrópicas afetadas pela pandemia de Covid-19.

Para conhecer mais sobre a atuação da Manaós Tech, acesse: https://www.manaostech.com/.

Publicações relacionadas